Você é protagonista da tua vida profissional?

Fosse a sua carreira um filme, você seria o personagem principal? A pergunta pode parece boba, mas pense com carinho: você está onde está hoje porque buscou ativamente isso ou reagiu passivamente às condições do mercado, preocupações financeiras e outros fatores externos? A verdade é que ser protagonista da própria carreira é coisa tão óbvia quanto rara nos dias de hoje.

Não se trata de ser refém da estabilidade empregatícia, mas de algo muito mais sutil: trata-se de olhar para trás e não conseguir enxergar com clareza como se chegou ao estágio presente da vida profissional. Isso é o suficiente para atestar a "coadjuvância" na própria história?

É bem verdade que, da maneira dinâmica com que o mercado de trabalho atua nos dias de hoje, o conceito de "plano de carreira" ficou um pouco obsoleto. Mas, no pouco espaço de controle nos destinados atualmente, é difícil determinar qual é o tamanho da influência que de fato exercemos sobre nossa atuação profissional.

As empresas e empregadores têm papel fundamental nessa equação. Foi-se o tempo do determinismo hierárquico, mas ainda é função das companhias oferecer aos funcionários se não respostas, possibilidades de respostas. As empresas precisam, ainda que de maneira sutil, sugerir rotas aos seus empregados. A problemática é que, nos dias atuais, o funcionário precisa ser a própria bússola.

A questão, portanto, transforma-se: o que é ser protagonista da própria carreira?

FONTE: linkedin.com

#MercadodeTrabalho

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square

© 2018 GBA Facilities

  • Instagram
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook Social Icon